Jogadores defendem treinador após vitória contra o CSA, “Essa foi para o Zé”

Hostilizado em alguns momentos contra o CSA, Zé Ricardo ganha o apoio de líderes do elenco. “Desde o início do ano ele tem sido nosso suporte, tem nos blindado”, diz Thiago Rodrigues

Antes do gol de Gabriel Pec que garantiu a vitória sobre o CSA na noite deste sábado, em jogo válido pela sexta rodada da Série B do Brasileirão, a torcida do Vasco pegou bastante no pé de Zé Ricardo em São Januário. O técnico foi alvo de protestos, mas, no fim da partida, ganhou o apoio dos líderes do elenco: Anderson Conceição, Thiago Rodrigues e Yuri Lara dedicaram o resultado ao treinador.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE



Zé Ricardo foi hostilizado ao menos em três momentos neste sábado. O primeiro foi antes mesmo de a bola rolar, quando os jogadores do Vasco caminhavam em direção ao vestiário depois do aquecimento.

Já no fim do primeiro tempo, no momento em que o Vasco não fazia boa partida, foi possível ouvir algumas ofensas direcionadas ao treinador. Em seguida, no intervalo, os protestos foram ainda maiores (veja no vídeo acima).

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE



Depois da vitória, em entrevistas na zona mista de São Januário, os jogadores fizeram questão de sair em defesa do treinador. Como, por exemplo, o goleiro Thiago Rodrigues.

“A torcida tem o direito e a razão de nos cobrar, sobretudo em casa. Porém, acho que essa vitória hoje foi para o Zé, cara”, disse Thiago.

– A gente tem um respeito enorme por ele. Desde o início do ano ele tem sido nosso suporte, tem nos blindado. Essa vitória é para ele. Zé, obrigado por tudo que você tem feito, que tem nos conduzido. É um cara merecedor – acrescentou ele.

Um dos mais experientes do elenco, Anderson Conceição também defendeu o treinador, que, segundo ele, “é um dos primeiros a chegar no clube e o último a sair”.

– Eu particularmente vou correr pelo Zé sempre. Tenho uma gratidão enorme por ele. Foi o cara que me ligou quando vim para cá, me ligou de coração. Então vou estar sempre correndo por ele, vou fazer com que meus companheiros corram por ele. Ele é um dos primeiros a chegar no clube e o último a sair. A gente sabe que Série B nunca vai ter jogo fácil, ainda temos que melhorar. Somos uma equipe humilde, trabalhadora, estamos fazendo de tudo para colocar o Vasco em 2022 na Série A – afirmou o zagueiro, que também teve o coro do volante Yuri Lara:

– Todo mundo tem que ser cobrado, não só o Zé Ricardo. Nós que estamos dentro de campo também temos que ser cobrados. Estamos juntos com o Zé. Se tivermos vitórias, vai dar uma tranquilizada. Se a gente vencer, ele não vai estar tão pressionado. Espero que a gente possa vencer os jogos e estar brigando lá em cima – concluiu.