Roberto Monteiro ameaça entrar na Justiça contra acordo com a 777 Partners 

A constituição da SAF no Vasco já encontra resistência política no clube e pode parar em breve na Justiça. O ex-presidente do Conselho Deliberativo, Roberto Monteiro, notificou extrajudicialmente, nesta quarta-feira, a diretoria do Vasco em relação à realização da reunião do conselho, nesta quinta, para aprovação do empréstimo-ponte da 777 Partners.

O documento foi protocolado na secretaria de São Januário. É uma notificação preparatória para possível ação anulatória da reunião. Na prática, Roberto Monteiro notifica o clube e prepara terreno para ingressar na Justiça caso o empréstimo de R$ 70 milhões do grupo americano seja aprovado pelos conselheiros nesta quinta.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE



Na carta protocolada, Roberto Monteiro faz duras críticas e chama de “processo viciado” o acordo não-vinculante assinado por Jorge Salgado com a 777 Partners, na última segunda, em Miami, além de contestar o caráter de urgência e a forma como a reunião foi convocada pelo presidente do Conselho Deliberativo, Carlos Fonseca.

Monteiro ainda questiona a escolha “unilateral” pela 777 Partners, uma vez que os sócios não tiveram acesso e conhecimento de outras propostas.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE



No documento, Roberto Monteiro solicita que a reunião do Conselho Deliberativo para a aprovação do empréstimo-ponte não seja realizada nesta quinta-feira e indica que levará o caso à Justiça.

Veja a notificação na íntegra


Fonte : Ge