Baile no Fla? Athletico-PR dá lição no Vasco da Gama

Athletico - PR

Em 2004, o Vasco da Gama escapou do rebaixamento no Campeonato Brasileiro ao vencer o Athletico-PR, dentro de São Januário, por 1 a 0. O gol decisivo foi marcado pelo zagueiro Henrique, após brilhante assistência de Petkovic. Na ocasião, aliás, o Gigante da Colina acabou também por evitar o bicampeonato nacional do Furacão.

VASCO RENOVA CONTRATO DE JOGADOR LESIONADO

CONTINUA DEPOIS DO ANÚNCIO


Nos anos que se seguiram, o Cruzmaltino conquistou apenas mais um único título de ponta: a Copa do Brasil de 2011. Mas e o Furacão? De lá para cá, conquistaram Copa do Brasil e Copa Sul Americana, além de quase terem vencido a Libertadores da América de 2005. E o Vascão?

Ao longo desse período, o time de São Januário amargou rebaixamentos no Brasileirão (já foram 4) e viu o seu principal e maior rival vencer todas as competições que disputou, com a exceção do Mundial de Clubes. Ademais, se afundou em dívidas financeiras potencializadas por má gestões de alguns dirigentes envolvidos em disputas políticas que não ajudam o clube.

Lição do Athletico-PR

Como se não bastasse tudo isso, em 2021, uma das principais alegrias de muitos vascaínos foi a vitória do Athletico-PR sobre o Flamengo. Na semifinal da Copa do Brasil, o Furacão venceu o Fla e se classificou para a final da competição – mais uma vez. Assim, a equipe paranaense pode conquistar o bi no torneio.

CONTINUA DEPOIS DO ANÚNCIO



CANO PODE DEIXAR O VASCO? CONFIRA

Paralelamente, o Vasco da Gama luta para retornar à elite do futebol brasileiro. Fora do G-4 da Série B, a equipe comandada por Fernando Diniz tentar uma reação histórica. E por quê? Porque nos anos que se seguiram à vitória de 2004, o clube não aprendeu a se organizar e se modernizar como o time do Paraná, por isso paga um preço alto pela lição não aprendida.

  

Deixe um comentário