3 promessas do Vasco que não conseguem jogar bem

Promessas

O Vasco da Gama é um clube que se destaca por transformar promessas em realidade, todavia esta regra não vale para todo jogador formado nas categorias de base. Enquanto, ao longo da história, é possível citar nomes como Felipe, Pedrinho, Alex Teixeira e Philippe Coutinho, atualmente o cenário está longe de ser assim.

LEO GIL FALA SOBRE FUTURO NO VASCO

CONTINUA DEPOIS DO ANÚNCIO


Nesse sentido, o problema fica localizado na transição do time sub-20 para a equipe principal, pois na base o Vasco ainda é um gigante. Entretanto, no profissional, o Cruzmaltino amargou na última temporada o quarto rebaixamento em sua história.

Reforços do Atlético-GO podem substituir argentinos

Em 2021, a temporada começou com os jovens da base ganhando vaga no time titular. Assim, alguns nomes como MT e Laranjeiras puderam estrear no time de cima, enquanto outros, como Lucão e Ulisses ganharam mais uma oportunidade de mostrar o seu valor.

CONTINUA DEPOIS DO ANÚNCIO


Promessas não convencem em campo

Atacantes como Lucas Santos, Tiago Reis e Vinicius, por sua vez, não convenceram mais uma vez. Os três se destacaram nas categorias inferiores, todavia não conseguem fazer isso no time principal. Nesta quarta (03), diante da Portuguesa, isso se repetiu.

Eles foram substituídos no intervalo do jogo, quando o Vasco já perdia por 1 a 0. Sem eles, na etapa final, houve uma melhora no setor ofensivo, entretanto a defesa continuou exposta e por pouco a derrota não foi maior.