Castan explica problemas com Germán Cano: “Resolvemos no vestiário”

Castan

Leandro Castan é o capitão do Vasco da Gama desde a saída de Martín Silva do clube. De lá para cá, passou por bons e maus momentos no clube pelo qual tem o maior número de partidas como jogador profissional.

Como defensor, ele está sujeito a falhas e atuações ruins que, muitas vezes, podem significar a derrota da equipe. Tudo isso, na visão do zagueiro, faz parte da profissão com a qual sustenta a si e seus familiares. Entretanto, o que não faz parte é a existência de conflitos pessoais com companheiros de trabalho.

CONTINUA DEPOIS DO ANÚNCIO


VEJA HÁ QUANTO TEMPO CANO NÃO MARCA UM GOL PELO VASCO

Recentemente, aliás, seu nome foi associado ao de Germán Cano sobre possíveis divergências em relação à utilização da camisa do Vasco em apoio ao movimento LGBTQIA+. Na ocasião, o camisa 5 postou uma mensagem nas redes sociais contrária ao que defendia o clube e seu artilheiro.

Castan x Cano

O capitão vascaíno não negou que se sentiu desconfortável com a situação e que isso pode ter gerado atrito com seus companheiros. Independente disso, na sua visão, o problema já foi superado.

CONTINUA DEPOIS DO ANÚNCIO


Eu, como cristão, processando a minha fé, é aquilo que eu penso. Não ficou nenhum desconforto. Muitos falaram que teve problema comigo e com o Cano. Não tivemos. E, se tivemos, resolvemos no vestiário. Não sei que tipo de capitão as pessoas estão acostumadas.

Por fim, a missão dos jogadores vascaínos nesta temporada é retornar à elite do futebol brasileiro. Todavia, no momento, eles estão falhando nesse objetivo.

  

Deixe um comentário