Rescisões de contratos podem ajudar Vasco no mercado da bola

Pássaro

“Rescisão de contratos pode ajudar o Vasco da Gama no mercado da bola”. Concordam com essa afirmação, torcida vascaína? Será que a saída de jogadores com a quebra do vínculo, ou seja, de graça, gera resultados benéficos para o Gigante da Colina no que tange à chegada de reforços?

VEJA O QUE JUNINHO DISSE SOBRE A SAÍDA DE HENRIQUE DO VASCO

CONTINUA DEPOIS DO ANÚNCIO


A resposta para tudo é SIM! Quando o Cruzmaltino opta por não continuar com um jogador que ainda tem contrato em seu elenco, o clube está abrindo a possibilidade de encontrar outro nome para a função. Aliás, com a Alexandre Pássaro à frente das negociações, isso ainda pode ser feito com economia de recursos, já que o novo nome pode custar menos do que o anterior.

MARCELO CABO FOI O PRINCIPAL RESPONSÁVEL PELA SAÍDA DE CARLINHOS; CONFIRA

Assim tem sido a tônica do clube de São Januário em 2021. Fernando Miguel, por exemplo, era um goleiro contestável e com um dos maiores salários do clube. Todavia, agora ele defende o Atlético-GO e, em seu lugar, o time da Colina Histórica contratou Vanderlei por contrato de produtividade.

CONTINUA DEPOIS DO ANÚNCIO


Fim de contratos abrem espaços para novos jogadores

Nenhum torcedor ou torcedora pode negar as boas atuações que Yago Pikachu teve no Vasco da Gama, entretanto elas ficaram no passado. Em 2020, o jogador teve um dos piores anos de sua carreira e falhou quando o time carioca precisou dele para evitar o rebaixamento. Assim, não foi de estranhar sua saída de São Januário.

VEJA COMO ESTÁ A SITUAÇÃO DE BRUNO CÉSAR NA EUROPA

Por isso, houve um espaço na lateral vascaína que se optou por suprir apostando em Zeca. Contratado com metas salariais, o jogador assumiu a titularidade e parece estar recuperando o bom futebol do início da carreira. Tudo isso foi possível, entre outros motivos, pela rescisão do contrato de Pikachu.

CANO REJEITA PROPOSTAS PARA CONTINUAR NO VASCO

Agora, Carlinhos e Henrique deixaram o Cruzmaltino de graça. Ambos tinham contrato, mas saem de forma antecipada. Sem eles, há uma redução na folha salarial, ao mesmo tempo que abre opções no elenco para novos jogadores. Inicialmente, importante dizer, a tendência é de que jogadores da base sejam observados, entretanto, caso não deem conta do recado, Pássaro está atento às boas opções do mercado da bola.