Salgado erra ao tirar Vasco de São Januário

A decisão de mudar o local de partida entre Vasco da Gama e Cruzeiro partiu da diretoria cruzmaltino, liderada por Jorge Salgado. Motivos internos embasaram a decisão que, segundo os clube carioca, não foi por questões financeiras. Entretanto, a escolha se mostra bastante equivocada.

PALACIOS MANDA RECADO PARA ZÉ RICARDO

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE


Líder isolado da Série B, a Raposa vem se mostrando um adversário difícil forte dentro ou fora de casa. Assim, como mandante, o Gigante da Colina deveria fazer valor toda a sua força na Colina Histórica para bater um adversário direto na luta pelo acesso. Todavia, Salgado escolheu abrir mão disso.

TRABALHO DE ZÉ RICARDO ENGANA A TORCIDA DO VASCO

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE


O grande número de torcedores que têm comparecido aos jogos em casa foi um fator determinante para a decisão. Com capacidade três vezes menor do que o Maracanã, São Januário tem alcançado sua capacidade máxima de lotação e ainda deixado vascaínos do lado de fora. No Maraca, esse cenário, ainda que não solucionado, deve ser bastante amenizado.

O erro de Salgado: não é a hora de festa

Trocar São Januário pelo Maracanã neste momento é um erro de Jorge Salgado, pois o jogo contra o Cruzeiro não é de festa, mas de decisão. E decisão não se joga, se ganha! Com estádio próprio, o Vasco faz de jogos longe da Colina Histórica uma oportunidade de festejar, contudo quando precisa mostrar sua força, deve atuar em casa.

GETÚLIO FALA SOBRE CHANCES DE SER TITULAR NO VASCO

Em caso de vitória sobre a Raposa, a tendência é que mais duelos sejam remanejados para o Maraca. Entretanto, em caso de derrota, o time mineiro abrirá uma vantagem maior na tabela de classificação e pode complicar a vida do Cruzmaltino. Diante de tamanho risco, era melhor manter o que vinha dando certo e aproveitar a força do Caldeirão.

Enquete: você aprova, Vasco x Cruzeiro no Maracanã



  


PESQUISA NA WEB GOOGLE