Vasco faz novo acordo com a Globo para ganhar mais dinheiro; confira

Vasco da Gama

O Vasco da Gama rompeu o acordo que tinha com o Sistema Globo e a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) para a disputa da Série B do Campeonato Brasileiro.

VEJA QUANTO CADA TORCEDOR PRECISA DOAR PARA QUITAR A DÍVIDA DO VASCO

CONTINUA DEPOIS DO ANÚNCIO


Se antes o que valia seria participar da divisão cotas com os demais clubes, agora o Gigante da Colina abre mão desta possibilidade em troca de receber mais com as assinaturas de torcedores do Canal Premiere. O objetivo, nesse sentido, é um só: arrecadar mais dinheiro.

Com dificuldades financeiras explicitadas com a divulgação do Balanço Financeiro de 2020, o Cruzmaltino busca maneiras de sair da situação em que se encontra. Além de cortas despesas, a diretoria buscando novas e maiores fontes de receitas.

Assim, os acordos referentes aos direitos de transmissão estão sendo analisados. Para a disputa da Segunda Divisão a ideia é apostar no apoio da torcida que vem sendo incentivado.

CONTINUA DEPOIS DO ANÚNCIO


Como fica a relação do Vasco com a Globo?

A decisão vascaína não impacta na exibição dos jogos para 2021. Anteriormente, o clube tinha garantido aproximadamente R$ 8 milhões de receita (R$ 6 milhões + R$ 2 milhões em ajuda de custo para logística). Agora, a expectativa é que, com o tamanho de sua torcida, consiga lucrar mais com as assinaturas do Premiere. Os valores, nesse sentido, podem chegar a R$ 17 milhões.

O Vasco, aliás, não está sozinho nesta inciativa. Botafogo e Cruzeiro também estão juntos com o Gigante da Colina neste objetivo, uma vez que são os times grandes que participarão da Série B este ano.

Por fim, resta saber se a iniciativa gerará o efeito esperado, pois, como identificado no Campeonato Carioca, a ideia de contar com a assinatura de torcedores não saiu como esperado.