Descubra com qual zagueiro o Vasco sofreu mais gols

Vasco tem jogadores que precisam sair

Gols são comuns em jogos do Vasco da Gama, todavia, infelizmente, nem sempre eles acontecem a favor do Cruzmaltino – até agora o clube sofreu 25 gols na temporada. Na última partida contra o Brasil de Pelotas, por exemplo, o time saiu atrás no placar com gol contra marcado pelo zagueiro Ernando.

VEJA COMO CAMPELLO QUASE LEVOU O VASCO À FALÊNCIA

CONTINUA DEPOIS DO ANÚNCIO


A dupla de defensores formados por Ernando e Ricardo Graça é a mais utilizada por Marcelo Cabo em 2021. Ao todo, os dois atuaram juntos em 9 partidas e sofreram 11 gols. Sozinhos, aliás os dois são os zagueiros que, em campo, mais foram vazados pelo Gigante da Colina na temporada.

DEU AZAR? DEPOIS QUE JUNHINHO ELOGIOU JOGADOR PASSOU A JOGAR MAL NO VASCO

Ricardo Graça jogou em 14 partidas e, ao todo, o clube de São Januário sofreu 19 gols. Importante destacar que não é possível responsabilizar o jovem zagueiros aos gols sofridos. Ernando, por sua vez, jogou 12 vezes e, nessa oportunidades, o a equipe foi vazada em 15 momentos.

CONTINUA DEPOIS DO ANÚNCIO


Gols sofridos no Vasco são problema

O defensor que, em tese, sofreu menos gols foi o jovem Ulisses com apenas 3 gols em 2 jogos. Entretanto, a pouca utilização do zagueiro é um fator que pode explicar isso.

REFORÇOS? DIRIGENTE DO VASCO SE ENCONTROU COM EMPRESÁRIO

Leandro Castan e Miranda, por outro lado, têm jogado e, em tese, com eles o Vasco sofre foi vazado menos vezes. O primeiro atuou em 8 jogos na temporada e teve 8 tentos sofridos enquanto atuou. O segundo jogou em 6 oportunidades e se viu vazado em apenas 5 delas.

CANO FAZ REVELAÇÃO SOBRE O FUTURO DE GALARZA

Assim, pode-se parecer que há na junção dos zagueiros que menos sofrem gols a formação da dupla de zaga vascaína ideal. Seria fácil se o trabalho de Marcelo Cabo fosse resolvido desta forma, todavia não é o caso. As lesões obrigam a mexer constantemente no sistema defensivo, o que gera falta de entrosamento e estende o problema para além da zaga.

  

Deixe um comentário