Zagueiros não devem continuar no Vasco em 2021; veja o motivo

zagueiros

O Vasco da Gama vai promover mudanças consideráveis no seu sistema defensivo, em especial com relação aos zagueiros. Marcelo Alves não teve seu contrato renovado e Leandro Castan e Werley têm futuro incerto.

LEO GIL FALA SOBRE FUTURO NO VASCO

CONTINUA DEPOIS DO ANÚNCIO


Na reta final do Campeonato Brasileiro, Castan passou a ser muito contestado pela torcida, todavia não perdeu a vaga com Vanderlei Luxemburgo. O rebaixamento, entretanto, gera uma necessidade ainda maior de mudanças e a sua saída não foi decertada.

Reforços do Atlético-GO podem substituir argentinos

Werley, por sua vez, é um nome que perdeu muito espaço em São Januário. No início do ano passado, com Abel Braga, chegou a ser titular, mas não se manteve. Ao longo do ano, era apenas mais um nome pouco utilizado no banco de reservas.

CONTINUA DEPOIS DO ANÚNCIO


Zagueiros do Vasco precisam se firmar

Marcelo Alves, emprestado pelo Madureira, até agradou, porém, não vai continuar. A atual diretoria quer dar mais chances aos jogadores das categorias de base. Assim, Miranda, Ulisses e, principalmente, Ricardo Graça, devem jogar mais vezes.

Por isso, será preciso mudar o elenco no setor defensivo. Marcelo Alves não teve seu vínculo renovado por esse motivo, o que também pode afastar os experientes Jadson e Werley. Castan ainda tem contrato até o fim de 2022, mas pode deixar São Januário.