Futebol

Vasco negocia acordo para jogar contra o Botafogo em São Januário

Depois de solicitar a mudança do clássico contra o Botafogo para Cariacica, o Vasco encaminhou acordo para mandar o jogo em São Januário. O clube quer enfrentar o rival no Rio de Janeiro e está em contato com a Polícia Militar e com a CBF para alterar o local da partida.

Para isso, o Vasco trabalha em mais de uma frente. O primeiro passo foi definir que o clássico será no Rio de Janeiro, mesmo com o pedido para jogar no Estádio Kléber Andrade, no Espírito Santo. Assim, a CBF deve alterar ainda nesta terça o local da partida, mas a princípio para o Estádio Raulino de Oliveira, em Volta Redonda, interior do estado.


Porém, o clube garante que o jogo será na capital e aguarda liberação da Polícia Militar para enfrentar o Botafogo em São Januário. Isso porque a casa do Vasco está proibida de receber clássicos por determinação de um laudo da PM, que diz o seguinte:

“Atualmente o entorno do estádio e seus acessos não oferecem condições mínimas de segurança para a realização de clássicos regionais (FLAMENGO, FLUMINENSE E BOTAFOGO), ainda que com o emprego massivo da Polícia Militar, portanto, em respeito ao Art 13 do Estatuto do Torcedor, tal medida encontra-se PROIBIDA”.


A primeira opção do Vasco era jogar no Maracanã, mas não obteve resposta do estado. O que o clube fez então foi procurar a Polícia Militar e pedir a liberação de seu estádio. Há um acordo encaminhado. A CBF está ciente disse e aguarda novo laudo da PM para alterar definitivamente o local do clássico para São Januário.

O jogo, válido pela 32ª rodada do Campeonato Brasileiro, está inicialmente marcado para o dia 5 de novembro. Caso consiga a liberação da PM, este será o primeiro clássico do Vasco no ano em São Januário. Antes, o clube enfrentou os rivais ou no Maracanã ou no Nilton Santos.

Fonte: ge