VASCO-SAF foi aprovada, por maioria de votos

O projeto VASCO-SAF foi aprovado, agora ira ter alteração no estatuto social do Vasco da Gama.

VASCO-SAF detalhes

No rito que a atual diretoria espera que leve até o acordo definitivo com a 777 Partners, o Vasco cumpriu o primeiro de quatro compromissos: o Conselho Deliberativo do clube aprovou, na noite desta quinta-feira, na Sede Náutica da Lagoa, a inclusão da SAF no Estatuto. Apesar disso, a reunião teve um momento de forte discussão.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE



Em determinado momento da reunião, Carlos Fonseca, presidente do Conselho Deliberativo, convocou uma votação para encerrar o debate e pular diretamente para a votação. O conselheiro Sérgio Frias, que aguardava para falar, se irritou e iniciou uma discussão com Fonseca, que, por sua vez, solicitou ajuda da segurança para retirá-lo do plenário. No fim, não foi necessário, já que Sérgio foi embora por conta própria. Junto com ele, que é um dos principais nomes de oposição à SAF, saíram outros sete conselheiros.

Brant garante que comissão de membros que examinam a SAF funciona bem

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE



Assim, o plenário para a votação passou a ter 174 nomes no total. A maioria concordou com as mudanças no texto estatutário, que a partir de agora passa a permitir a possibilidade de constituição de uma Sociedade Anônima de Futebol. O Estatuto antigo dizia apenas que o Vasco era uma instituição sem fins lucrativos que podia fundar filiais em outros países.

Essa foi a primeira de quatro votações previstas no cronograma do clube. A próxima provavelmente será na Assembleia Geral, para que os sócios aprovem ou não a mudança no Estatuto. Depois disso, outras duas reuniões (novamente no CD e na AG) vão debater a constituição da SAF do Vasco em si e a proposta da 777 Partners.

Fonte: Twitter Arena Cruzmaltina(publição), Ge (texto).