Castan solicita rescisão com Guarani mas novo treinador tenta mantê-lo

Leandro Castan está de saída do Guarani. Após deixar o Vasco da Gama em janeiro depois de pouco mais de três anos atuando pelo Gigante da Colina, o zagueiro acertou com o Bugre no fim de março e, agora, insatisfeito com sua pouca utilização na equipe paulista, decidiu deixar o clube.

Ao todo, foram apenas oito partidas de Castan pelo Guarani, sendo, inclusive, uma delas o empate em 0x0 com o Vasco, no dia 19 de maio, na Arena da Amazônia, pela 8ª rodada da Série B.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

De acordo com informações do portal Globo Esporte, o defensor já teria até se despedido dos companheiros, restando apenas a rescisão oficial de contrato. No entanto, ainda segundo a reportagem, o novo técnico bugrino, Mozart, pode tentar demover o atleta da ideia.

Passagem pelo Vasco

Atualmente com 35 anos, Leandro Castan chegou ao Vasco em agosto de 2018, à época sob a gestão de Alexandre Campello, para ser o pilar do sistema defensivo cruzmaltino.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

Apesar de alguns bons momentos, principalmente em 2019, o zagueiro acabou se desgastando ao longo do tempo tanto com a diretoria quanto com os torcedores, inclusive dando declarações em entrevista a um podcast que havia perdido o ”timing” de deixar o Clube.

Ao todo, Castan disputou 145 jogos pelo Vasco e marcou dois gols. Com ele em campo, foram 58 vitórias, 43 empates e 44 derrotas. Ele conquistou a Taça Guanabara 2019 e foi rebaixado à Série B em 2020.



  


PESQUISA NA WEB GOOGLE