Luva de Pedreiro está proibido de usar camisas do Vasco em campanhas

O influencer Iran Santana, o “Luva de Pedreiro”, deu mais um passo na ainda curta carreira. Após o rompimento conturbado com seu primeiro empresário, Allan Jesus, o novo agente que administra a carreira dele, o ex-jogador de futsal Falcão, conseguiu um contrato de patrocínio para o jovem com a Adidas, gigante do mercado de material esportivo.

Para além da participação em campanhas, eventos e, claro, dos valores recebidos pelo acordo, o Luva, no entanto, terá de fazer adaptações em suas aparições públicas, como nos vídeos que posta em suas redes sociais. Isso porque, com o novo acordo, camisas da seleção brasileira, do PSG, do Vasco, entre outras já vestidas pelo jovem, não poderão mais aparecer nas publicações.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

O impeditivo está no fato de que esses clubes têm acordos com outros fornecedores de materiais esportivos, como Nike (caso do PSG e da seleção brasileira), Kappa (Vasco) e Puma (PSV).

Em vídeo publicado na última segunda, em sua primeira entrevista para um veículo internacional, o influencer, inclusive, já aparece com um corte de cabelo com a logo da marca. O anúncio da nova parceria havia sido feito naquele mesmo dia, mais cedo, por meio de uma série de publicações nas redes sociais.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

Luva de pedreiro, comemora a retomada na carreira 

“Só agradecer por esses últimos dias. Vim conhecer Portugal e a LaLiga com meus pais, fechei com a Adidas, vou para Copa do Mundo, Champions League, e sede principal da Adidas na Alemanha”, celebrou Iran.

No caso de Cristiano Ronaldo, ídolo do jovem, a camisa usada por ele no Manchester United, atual clube do jogador, também é feita pela Adidas, o que não impede a utilização em publicações. A camisa do jogador pela seleção de Portugal, no entanto, não poderá ser exibida nos vídeos, uma vez que é feita pela Nike.

Fonte: Agência o Globo



  


PESQUISA NA WEB GOOGLE