777 Partners tem interesse em montar sede da SAF do Vasco no CT Moacyr Barbosa

A 777 Partners, grupo americano interessado na compra de 70% das ações da sociedade anônima que o presidente do Vasco, Jorge Salgado, tenta criar e vender, deseja montar a sede da SAF no Centro de Treinamento Moacyr Barbosa, em Jacarepaguá. 

O projeto inicial do CT não contempla a instalação de uma parte gerencial e terá de ser alterado, caso os investidores efetivamente se tornem responsáveis pelo futebol. 

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE



Depois de desembarcarem no Rio logo pela manhã, os sete membros da comitiva foram para o CT, localizado ao lado da Cidade de Deus. O espaço acabou sendo a principal atração do primeiro dia dos investidores no Brasil. 

Na minuta de entendimento assinada por Vasco e 777 Partners, consta que parte dos R$ 700 milhões a serem investidos na SAF serão usados para a conclusão das obras dos dois centros de treinamento do cruz-maltino. 

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE



Depois de almoçarem no CT em Jacarepaguá, a comitiva foi para o CT em Duque de Caxias, na Baixada Fluminense, para conhecer a estrutura onde ficarão o futebol de base, até os 15 anos, e mais o futebol feminino. Foram recebidos por Pretinha, ex-jogadora da seleção brasileira e auxiliar técnica do time vascaíno. 

A modalidade é vista com bons olhos pela 777 Partners. Nos EUA, o futebol feminino é considerado um sucesso e, no Brasil, o crescimento das competições femininas tem sido constante nos últimos anos. 

Conversas sobre reforços

Na parte da tarde, Josh Wander, um dos donos da 777 Partners, pediu retornar ao CT de Jacarepaguá para se encontrar com a comissão técnica e os jogadores que atuaram na partida de quarta-feira, contra o Flamengo. 

Nenê, que fala inglês, foi quem fez o meio de campo entre elenco e Wander, que fez questão de se apresentar aos jogadores. 

No CT de Jacarepaguá, o diretor de Carlos Brazil fez uma apresentação sobre o momento do futebol vascaíno. Houve as primeiras conversas sobre a contratação de reforços para a Série B já com recursos provenientes dos investidores. Juan Arciniegas é o líder da parte esportiva da 777 Partners e quem lida mais diretamente com a questão. 

Visita a estádios

A programação da 777 Partners seguirá até domingo, quando a comitiva estará no Maracanã para acompanhar a partida entre Vasco e Flamengo, pela semifinal do Carioca. 

Antes, no sábado, os investidores estarão no estádio sede de duas finais de Copa do Mundo para uma visita. É interesse do Vasco participar da licitação para fazer parte da gestão do Maracanã. Os dirigentes vascaínos tentam convencer os americanos da estratégia. 

Um dia antes, na sexta-feira, eles estarão em São Januário. Na minuta de entendimento, ficou acordado que a 777 será responsável pela gestão do estádio e pelo pagamento de aluguel ao clube associativo. 

Será a chance de conhecerem a Colina e discutirem com mais detalhes a ideia de reforma do estádio. As partes ainda não chegaram a um denominador comum sobre o investimento, que não consta na minuta. 

Também na sexta-feira, a comitiva da 777 Partners será recebida pelo prefeito Eduardo Paes no Palácio da Cidade. No encontro, devem conversar sobre a conclusão das obras no CT Moacyr Barbosa, em terreno cedido pelo Município, e também sobre as necessidades de intervenção urbana nos arredores de São Januário, para viabilizar financeiramente a modernização do estádio. 

Reuniões da diligência

Na sexta-feira e no sábado, está programada uma longa agenda de reuniões para dar continuidade ao processo de diligência, que antecede a efetiva proposta de compra por parte da 777. 

Os encontros devem acontecer ou no hotel onde os americanos estão hospedados, ou na sede administrativa do Vasco, no Centro do Rio. 

Entre os membros da comitiva da 777, estão profissionais da parte de finanças, que estão trabalhando mais diretamente com representantes do Vasco, para mapear com mais detalhes a condição financeira do clube.

Fonte: O Globo