FERJ tem histórico de prejudicar o Vasco e ajudar o Flamengo

FERJ

A FERJ, sigla para Federação de Futebol do Estado do Rio de Janeiro, provocou uma polêmica ao mudar a data do clássico entre o Flamengo e Vasco. Inicialmente marcado para quarta-feira (14), às 21h30min, o duelo acontecerá na quinta (15), às 19h, no Maracanã.

VEJA QUANTOS TORCEDORES O VASCO PERDEU POR CAUSA DO COVID-19

CONTINUA DEPOIS DO ANÚNCIO


A decisão da entidade foi tomada por solicitação do Rubro-Negro que, com isso, terá mais tempo de descanso e deverá mandar seu time titular para o duelo. Os vascaínos, no entanto, lamentam que não foram consultados pela entidade.

VEJA AS POSIÇÕES EM QUE O VASCO BUSCA REFORÇOS

Assim, a diretoria Cruzmaltina alega que houve um desrespeito ao regulamento do Campeonato Carioca para beneficiar o rival. Esta, entretanto, não seria a primeira vez que o Gigante da Colina passa por uma situação do tipo.

CONTINUA DEPOIS DO ANÚNCIO


FERJ, Vasco e Flamengo

Em 2014, por exemplo, a FERJ tinha diversos motivos para anular a final do estadual vencida pelo Fla com um gol irregular de Márcio Araújo. A entidade, por sua vez, optou por ignorar os vários erros da arbitragem dentro e fora de campo e confirmar o título flamenguista.

VEJA O TIME-BASE DE MARCELO CABO NO VASCO

Antes, na fase de turno, um erro crasso não validou um gol legítimo do Vasco da Gama no Clássico dos Milhões. Na ocasião, Douglas marcou um golaço de falta, todavia a arbitragem simplesmente ignorou que a bola havia ultrapassado a linha.

VASCO PODE TER NOVIDADE CONTRA O FLAMENGO

O episódio desta semana faz parte de um longo histórico de decisões e atitudes prejudiciais ao Vasco da Gama. A questão não é permitir que haja mais tempo de descanso e preparação para o Flamengo, mas o desrespeito em relação ao time de São Januário.