Pesquisa indica que “metade” dos vascaínos não gostam da história do Vasco

Há vascaínos espalhados pelo mundo e muitos deles se orgulham da história e das conquistas de seu clube do coração. Todavia, também há aqueles – e não são poucos – que não sentem o mesmo.

VASCO PODERIA TER DADO SORTE EM SORTEIO DA COPA DO BRASIL; CONFIRA

CONTINUA DEPOIS DO ANÚNCIO


Uma pesquisa do site Netvasco sobre a aceitação dos torcedores da nova camisa do clube, em apoio a causa LGBTQIA+ indica isso. Com mais de 12 mil respostas e sem ser concluída, ela indicou que a maioria (mais de 50%) era contra a iniciativa.

MARQUINHOS GABRIEL AINDA TEM FUTURO INCERTO NO VASCO

O respeito a diversidade, entretanto, não é algo ligado ao gosto pessoal. Trata-se de um aspecto básico da humanidade. Você pode ter a sua preferência sexual, todavia você não pode determinar a do outro. A história do Gigante da Colina é um exemplo disso.

CONTINUA DEPOIS DO ANÚNCIO


Vascaínos são contra a história do Vasco

Entre 1915 a 1924 o Vasco da Gama montou seu departamento de futebol e conquistou seu primeiro título Carioca. Usando métodos revolucionários, para a época, o Cruzmaltino se tornou um dos clubes mais vitoriosos do período. Sabem como? Dando espaço a negros, operários e pobres que antes não podiam jogar aquele futebol.

DECLARAÇÃO DE MARCELO CABO PREJUDICA RELAÇÃO COM JOGADORES

Enquanto Flamengo, Fluminense, Botafogo e América não aceitavam essas minorias, o Gigante da Colina lhes abriu as portas no futebol. Se perguntassem aos vascaínos da época, muitos poderiam ser contra o apoio dado a eles. Entretanto, sem os Camisas Negras de 1923, o Vasco não seria Vasco.

CANO PODE IR PARA O SÃO PAULO? CONFIRA

No fim de semana, o clube deu mais um exemplo nesse sentido, todavia parte (certamente não a maioria) desaprovou o ato. Os motivos para isso são variados, mas a desaprovação mostra que essa galera está indo contra a história de luta do próprio clube.

  

Deixe um comentário